Rss Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Hogwarts day

    12 de julho de 2007

    A noite de ontem foi, no mínimo, diferente. Depois da aula de dança e algumas sensações estranhas, peguei o carro e fui pra Resende. Era por volta de 22 horas. Alta velocidade segura na Dutra e ao chegar, procurar o Cine Show, no micro shopping da cidade. Meu objetivo era a estréia do quinto filme da série Harry Potter. Pois é, não sou fã do bruxo, não assisti a todos os filmes, mas estava lá, na sessão pré-estréia, à meia noite, para os aficcionados. Alguém deve estar se perguntando: Mas o que faz uma pessoa que ném gosta tanto, pegar estrada, parar em Resende, para assistir Harry Potter?

    Explico. Fui o motorista e carregador de sacola (!) para meu irmão, Lucas, e um amigo, Davi, que usaram o clima de estréia do filme para divulgar um evento - no estilo congresso temático como os de animes ou jornada nas estrelas - que será realizado em Resende, dia 8 de setembro, na faculdade Dom Bosco. Meu irmão e esse amigo se vestiram de bruxos - o que eles chamam de fazer 'costume play' - para entregar os panfletos e uma carta ao estilo das que os bruxos jovens recebem no livro e filme para ingressar na escola de Hogwarts. O evento se chama Hogwarts Day.

    Inusitado. Os fãs do bruxo ficaram histéricos ao ver duas pessoas vestidas de bruxos na estréia do filme. Ótima estratégia de divulgação e delimitação de público-alvo. Duas das meninas chegaram a bater na porta do banheiro masculino onde meu irmão e o amigo terminavam de trocar de roupa para saber: "É verdade que vocês estão fantasiados?", perguntaram elas, para depois pedir uma foto com os dois bruxos. E a frenesy continuou pela noite com vários dos fãs, que por sinal esperavam desde cedo na fila para pegar o melhor lugar no cinema.

    Muito interessante. E eu me perguntei porque tanta euforia e "fanatismo" em torno de um livro com uma temática adolescente. É um desses fatos sociais, que tomam conta do mundo. Os heróis imaginários que podem tudo, e causam alento às nossas limitações. O apelo consumista da cultura de massa, indústria cultural. A tendência do ser humano de se agrupar em comunidades de interesses afins.

    Para os fãs, que estão "dentro da coisa", há várias explicações que comecei a "investigar", nesta madrugada:

    - "O livro é muito bem escrito, de forma inteligente e que prende a atenção."
    - "O Harry e seus amigos vivem situações de pessoas normais num mundo de fantasia, o que cria identificação".
    - "A fantasia sempre intrigou muita gente, desde as velhas histórias infantis."
    - "É um assunto em comum para conversar com outras pessoas que também gostam."

    Foram estas algumas das respostas que colhi. O resultado da noite foi bom. O filme é bom, apesar de algumas críticas. Gostei da experiência e aproveito pra divulgar.

    Para saber mais sobre o Hogwarts Day - que por sinal será um evento muito interessante - clique no banner abaixo:




    | |


  2. 4 comentários:

    1. Liu disse...
      Este comentário foi removido pelo autor.
    2. Liu disse...

      Poxa, aqui em Volta Redonda as pessoas pediram, além das fotos, AUTÓGRAFOS pra Ana Paula. Rs. Perdeu. E ela levando super a sério, deu os autógrafos, tirou as fotos... muito Legal :D
      sobre HP não espero que você se apaixone pela saga vendo um filme. O quinto foi o melhor da série, na minha opinião, mas os livros são infinitamente melhores... =)
      Bom te ver :D
      Vim no blog pra ver a "matéria"... vou comentar lá depois de ler.
      beijão :D

    3. Felipe Cruz disse...

      A Dutra está cheio de radar !!

    4. Jader disse...

      huauhauhauhauha

      O melhor de tudo foi ver a Ana Paula dando autógrafos aqui em Volta Redonda.
      O fãs mais histéricos ficaram enloquecidos ao vê-la: a própria Granger! rsrsrsrs