Rss Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Mudanças à vista

    1 de agosto de 2007

    Vêm aí mudanças na ortografia da língua portuguesa

    Reforma unifica ortografia em Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste

    Jornalistas & Cia

    O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, aprovado em 12/10/ 90, em Lisboa, que prevê a unificação da ortografia na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, entrará em vigor em janeiro de 2008. Segundo especialistas, ele constitui um passo importante para a defesa da unidade essencial da língua portuguesa e para o seu prestigio internacional, já que é terceira língua ocidental mais falada, depois do inglês e do espanhol.

    Embora as modificações propostas pouco representem no todo da língua - calcula-se que mude apenas 1,6% do vocabulário de Portugal e menos ainda, 0,45%, no Brasil -, elas certamente demandarão tempo e até algum sofrimento para que as pessoas se acostumem com a nova grafia de diversas palavras. Precisaremos, por exemplo, deixar de acentuar as paroxítonas terminadas em “o” duplo, como “abençôo”, “enjôo” e “vôo”, pois elas passarão a ser grafadas “abençoo”, “enjoo” e “voo”.

    Da mesma forma, não mais usaremos o acento circunflexo nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do subjuntivo de verbos como “crer”, “dar”, “ler” e “ver”, ficando correta a grafia “creem”, “deem”, “leem” e “veem”. Em Portugal, desaparecerão da língua escrita o “c” e o “p” nas palavras onde eles não são pronunciados, como em “acção”, “acto”, “adopção” e “baptismo” - a grafia será ação, ato, adoção e batismo, como no Brasil. Haverá mudanças também no uso do hífen, o alfabeto passará a ter 26 letras, com a incorporação de “k”, “w” e “y”, e o trema não fará mais ninguém tremer, já que desaparecerá completamente.

    Algumas diferenças lá e cá, porém, serão mantidas: Portugal continuará com o acento agudo no “e” e no “o” tônicos que antecedem m ou n, enquanto o Brasil seguirá usando o circunflexo nessas palavras: académico/ acadêmico, génio/gênio, fenómeno/fenômeno, bónus/bônus.

    Fonte:
    http://www.jornalistasecia.com.br/noticias.htm
    | |


  2. 1 comentários:

    1. marilia disse...

      esse post me fez lembrar da minha visita ao portugal, depois de muito tempo na franca, ou viajando pra outros lugares onde e dificil se fazer entender, achei que em portugal seria a mesma coisa, as primeiras vezes que ia pedir informacao falava bem devagar, sem girias e tal, que idiota, huauhauh talvez tb levada pelo mito que eles sao meio burrinhos, sei la, heheeh,