Rss Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Nestas curvas

    5 de dezembro de 2011

    Nestas curvas acentuadas me arrisco

    Piso fundo, sem freio

    Nestas curvas me perco

    Perco o passo, não acho

    Um ato sensato.

    Estas curvas acentuadas desafiam

    Minha vontade de aventura

    Meu ímpeto de loucura.

    Por estas curvas acentuadas, perigo!

    Ameaça-me o doce risco de seguir

    A delícia de correr por estas curvas.

    Velocidade máxima nas curvas,

    Na leveza dos seus traços

    Na beleza dos seus beijos

    Na certeza dos abraços

    Que atenuam meus medos.

    Nestas curvas me acho.
    | |


  2. 1 comentários:

    1. Jader Moraes disse...

      Seu lado poeta é um de seus melhores lados. Muito bom, cara!