Rss Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. "Na galha do Cajueiro"

    25 de maio de 2012

    Começo hoje a postar o álbum de Natal (Rio Grande do Norte), com fotografias tiradas durante a viagem que fiz no final do mês de abril. Como vocês vão notar, utilizei alguns filtros e bordas no estilo Istagram, mas a partir de um outro aplicativo online e gratuito: o pixlr, considerado o melhor neste quesito. Foi na verdade uma experiência que fiz de, pela primeira vez, aplicar filtros "hipster" nas fotos. Estas são do maior Cajueiro do mundo, localizado no município de Pirangi (grande Natal). 

    Explicação da Wikipédia: "A árvore cobre uma área de aproximadamente 8500 m², com um perímetro de aproximadamente 500 m e produz cerca de 70 a 80 mil cajus na safra, o equivalente a 2,5 toneladas. E seu tamanho é o equivalente a 70 cajueiros. O cajueiro teria sido plantado em 1888 por um pescador chamado Luís Inácio de Oliveira; o pescador morreu, com 93 anos de idade, sob as sombras do cajueiro."



    "O crescimento da árvore é explicado pela conjunção de duas anomalias genéticas. Primeiro, em vez de crescer para cima, osgalhos da árvore crescem para os lados; com o tempo, por causa do próprio peso, os galhos tendem a se curvar para baixo, até alcançar o solo. Observa-se, então, a segunda anomalia: ao tocar o solo, os galhos começam a criar raízes, e daí passam a crescer novamente, como se fossem troncos de uma outra árvore. A repetição desse processo causa a impressão de que existem vários cajueiros, mas na realidade trata-se de dois cajueiros. O maior, que sofre da mencionada anomalia, cobre aproximadamente 95% da área do parque; existe também um outro cajueiro, plantado alguns poucos anos antes, que não sofre da anomalia." (Wikipédia)




    | |


  2. 0 comentários: